Fórum RPG somente para jogadores dentro o grupo. Caso tenta interesse em entrar, entre em contato com a administração.


    [#04] - Turno Livre. – Nave da Terra.

    Compartilhe
    avatar
    Rin Damien
    Virgem

    Mensagens : 287
    Data de inscrição : 05/03/2014

    [#04] - Turno Livre. – Nave da Terra.

    Mensagem por Rin Damien em Dom Dez 07, 2014 11:57 pm

    Rin não sabia exatamente o porquê de querer comidas especialmente apimentadas naquele dia. Gostava daquele tipo de alimento, do gosto e da sensação de queimação que deixava enquanto e depois de comê-lo, mesmo que precisasse de baldes de água após fazê-lo. Detalhes. Ao chegar na cozinha se deparara com Harold, aparentemente lendo um jornal – ou o que quer que fosse – virtual, com uma cara particularmente mais amarga que o normal. Ou o virginiano achava que fosse; se ele conseguia ver alguma diferença, talvez a situação fosse realmente ruim. O regente de Capricórnio nunca estava de bom humor, apesar do fato não incomodá-lo. Se se lembrava bem... Harold também apreciava pimenta. Com o sorriso de sempre, o cumprimentara, indo diretamente para o balcão do local.

    Não precisava se preocupar em responder qualquer conversa do outro, e após certo tempo voltou à mesa, carregando um prato bem maior do que os padrões, com uma quantidade não muito saudável de nuggets. Os fizera colocando a maior quantidade do molho mais apimentado que possuíam que conseguira, e pelo gosto, muitas pessoas não aguentariam comer sequer uma mordida daquilo. Em seguida, voltou para pegar o café que havia preparado, que fora feito com chocolate apimentado, e ofereceu ao companheiro de nave, antes de o despejar na própria xícara; presente da pessoa à sua frente. Com isto, sentou-se, começando a comer em um silêncio agradável.
    avatar
    Harold Wilhelm
    Capricórnio

    Mensagens : 161
    Data de inscrição : 26/02/2014
    Idade : 22

    Re: [#04] - Turno Livre. – Nave da Terra.

    Mensagem por Harold Wilhelm em Seg Dez 08, 2014 1:10 am

    Não sabia porque aquilo acontecia, mas acontecia. Harold tinha o costume de dormir um horário curto e padrão de sono, mas em momentos variáveis do dia e isso nunca o atrapalhou desde pequeno. Mas, noite passada, havia capotado às 21h e acordara às 4h30. Sete horas de sono ainda é abaixo pra média normal de uma pessoa com o sono equilibrado, mas pra quem só dorme três horas a cada dia, sete é quase um distúrbio. E como todas as vezes que aquilo acontecia, mesmo sendo raro, o capricorniano acordava com seu mau humor constante, pior do que já era normalmente. Estava com leves olheiras e usando os óculos. A lente no olho direito o irritara e não teimou em descartá-la por enquanto, embora, por conta do olho mecânico, não fizesse tanto sentindo usar óculos. Passou o tempo inteiro na cozinha – inclusive havia dormido ali também, sentado na cadeira e debruçado na mesa, como um aluno dormindo na aula. Quando acordou, se perguntou por que não matou a humanidade inteira quando havia tido a chance, já que agora não podia mais. Em suas mãos, naquele momento, estava uma fina folha transparente, que lia enquanto apoiava os pés na mesa, equilibrando a cadeira inclinada para trás. Deslizava o indicador de baixo para cima há uma distância mínima da superfície da folha, mas o texto que ali mostrava obedecia seu movimento. Era mais de um, por sinal. Tinham várias abas e widgets abertos, mostrando notícias das cidades mais confusas da Nave Central, redes sociais, arquivos do sistema e de maneira engraçada, uma animação “pequena” de Arthemis no canto inferior da tela. Que soube ter sido ela mesma que criara, mas achava que aquilo tivesse sido idéia de Zion. Mas como não o atrapalhava em nada, deixou. Não percebeu direito quando Rin entrara na cozinha, o que sinalizava que estava de guarda baixa por um bom tempo. Não gostou daquilo, como não estava gostando nem da própria sombra ou do oxigênio que respirava. Ajeitou-se na cadeira, acenando com a cabeça ao cumprimento de Rin, com desgosto até pra abrir a boca e falar mesmo um “Dia”. Mas, café talvez o reanimasse.
    Tirou os pés da mesa, dobrando o aparelho e guardando-o no bolso da calça. Debruçou o cotovelo na superfície da mesa, encarando o que Rin fazia, sem tanto desinteresse, mas também, não tão interessado pra perguntar ou puxar assunto. Só queria observá-lo. Era mais interessante do que estava fazendo. Franziu o cenho assim que o viu pegar nuggets em excesso e cozinhá-los de forma que não entendeu. Mas o cheiro ficara realmente bom depois de um tempo e, talvez um terço do mau humor do Capricórnio tenha se dissipado pelo apetite que abriu de repente. Algo que não comia fazia um bom tempo. Aceitou o café estendido, sentindo um aroma ligeiramente doce nele e sentindo a diferença assim que experimentou. Não sabia se Rin havia feito diferente só porque estava com vontade, ou porque resolveu dar um jeito no mau humor dele antes que pudesse começar a reclamar de tudo. De toda forma, o gosto estava plausível e seria relaxante passar um tempo em silêncio apenas comendo. Pela quantidade, sabia que Rin não comeria sozinho, então pegou um dos nuggets sem pedir licença.

    Não sabia que gostava de molho apimentado, Rin. — E aquele era dos fortes. Não eram parecidos só em personalidade, pelo visto.
    avatar
    taurusnero
    Touro

    Mensagens : 168
    Data de inscrição : 26/02/2014

    Re: [#04] - Turno Livre. – Nave da Terra.

    Mensagem por taurusnero em Seg Dez 08, 2014 1:38 am

    Por mais que sua face não exibisse muitas expressões felizes, era muito raro Nero acordar com um mau humor tão absurdo quanto o que vinha sentindo naquele dia. Estaria tudo normal se não tivesse dormido pouco, e ainda estaria tudo relativamente bem se não fosse por um pequeno detalhe... Não conseguia sentir cheiro algum. Certo, seu nariz estava entupido, e aquilo era bastante normal para a maioria das pessoas, mas resfriado era algo incomum na rotina do taurino. A última vez que suas narinas ficaram tampadas daquela forma?! Talvez tivesse sete anos de idade?! Bem, sabia que era bem novo na época, e nada de bom surgiu de tal incidente. Mas também se lembrava que após comer de forma suficiente, sua saúde melhorou, e era por tal motivo que se dirigia à cozinha, os passos ainda mais largos que os convencionais.

    Não podia perceber o aroma, então fora com enorme surpresa que se deparara com um monte de nuggets sobre a mesa, quase como se eles o esperassem de braços abertos, a aparência crocante, o douradinho da camada exterior, a fumaça que fugia e deixava evidente a temperatura agradável em que deveriam estar... Fome. E sem pensar muito se adiantou para a comida, por mais que sua expressão não mostrasse qualquer sinal de sua ansiedade. Em silêncio, o guerreiro apenas parou diante da visão dos outros dois e apontou o monte em uma pergunta muda: "Posso?".
    avatar
    Rin Damien
    Virgem

    Mensagens : 287
    Data de inscrição : 05/03/2014

    Re: [#04] - Turno Livre. – Nave da Terra.

    Mensagem por Rin Damien em Seg Dez 08, 2014 1:59 am

    Harold não havia aberto a boca pra reclamar quando falara, e apenas aquilo era considerado um sucesso. Ou talvez ele apenas estivesse mau humorado com algo que não quisesse falar sobre. O que fosse, Rin apenas concordou com a cabeça enquanto pegava outro nugget do prato. Estavam exatamente como ele queria; o gosto somado à ardência deixavam o alimento extremamente suculento para si, mesmo que outros nem conseguissem o colocar na boca sem sofrer algum tipo de queimadura. E assim que tivera aquele pensamento, outra pessoa se fez presente na cozinha, logo perguntando se poderia pegar a comida. Nero.

    O observou por um momento, sentindo que algo estava levemente fora do eixo com o taurino, porém, a pergunta mais importante na sua mente era se deveria falar para ele comer. Os sentidos alheios eram mais aguçados que os de qualquer um da nave, então ele conseguiria comer aquela quantidade de molho apimentado? Porém, da mesma forma, ele sentiria o cheiro da especiaria que estava prestes a comer, certo? Direcionou o olhar a Harold para ver o que ele achava da situação, antes de voltar-se novamente para Nero. Com a expressão mudando apenas para uma de leve curiosidade sobre o que decorreria, e mantendo o sorriso gentil, gesticulou para os nuggets. - Vá em frente.

    Conteúdo patrocinado

    Re: [#04] - Turno Livre. – Nave da Terra.

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Jun 27, 2017 8:17 am